AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
P&D da GE no Brasil exporta tecnologia
P&D da GE no Brasil exporta tecnologia
05/01/2017
O Centro de Pesquisa Global da General Electric (GE), localizado no Rio de Janeiro, terá sua primeira exportação de tecnologia. Um projeto desenvolvido pela unidade levará o conceito de fábricas inteligentes para Aberdeen, na Escócia.

-Desde o ano passado, trabalhamos em um sistema capaz de rastrear e localizar ativos em tempo real em uma fábrica. O projeto piloto rodou em uma unidade da GE no interior de São Paulo e agora estamos exportando o mesmo conceito tecnológico para duas plantas da GE Oil & Gas, na Escócia- explica Marcelo Blois, líder da área de Software & Analytics do Centro de Pesquisas Global da GE no Brasil.

O software irá monitorar e localizar as ferramentas que circulam entre as fábricas de Aberdeen e Montrose – cidades que ficam a cerca de uma hora de distância – o que pode causar desde perdas até tempo ocioso de equipamentos na linha de produção à espera desses ativos.

A expectativa é que, a partir de 2017, a nova tecnologia traga um benefício de £ 1,2 milhão por ano para as duas unidades juntas.
-A solução da GE é o primeiro passo para que a cadeia de produção trabalhe de forma completamente conectada, possibilitando que a indústria atinja um novo patamar por meio da internet industrial- afirma Blois.
Os primeiros testes foram iniciados em outubro deste ano na área de Test & Assembly da planta de Aberdeen, que produz equipamentos subsea como árvores de natal e cabeças de poço. A previsão é que a tecnologia seja completamente implementada no início do próximo ano e passe a funcionar em todos os departamentos das duas fábricas.

No Brasil, a tecnologia vem sendo utilizada para monitorar em tempo real os materiais em processo da unidade da GE Oil & Gas em Jandira (SP).
-Cada ordem de produção aberta na fábrica significa ter quantidades diferentes de 20 a 30 componentes sendo processados dentro da planta.

Antes do software, o inventário dos materiais em processo (WIP) era feito fisicamente, ou seja, contados um a um, parando a unidade por três dias todos os anos- esclarece Wilson Pedroni, gerente da planta de Jandira da GE Oil & Gas.

A planta do interior de São Paulo, que rastreia cerca de 4 mil ativos, agora é capaz de reduzir o tempo de inventário dos materiais em processo para um único dia, economizando aproximadamente US$ 300 mil por ano.
O objetivo da GE é se tornar a maior empresa digital industrial do mundo. Por isso, investe no conceito de indústria 4.0, termo cunhado na Alemanha que designa principalmente um novo tipo de manufatura com um uso pesado de sensores dentro da chamada internet das coisas, mas também produção automatizada e análise de grandes volumes de dados na nuvem.

Já a internet industrial é mais um termo chave na Indústria 4.0, tendo que ver com os padrões abertos necessários para implantar tecnologias como IoT em grande escala.
Baguete
ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet