AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
Conhecimento que acompanha evolução
Conhecimento que acompanha evolução
27/12/2016
O setor industrial mundial está passando por novo processo de revolução, chamado de indústria 4.0, devido às novas tecnologias digitais disponíveis no mercado.

Em busca de competitividade no cenário internacional, a indústria brasileira está investindo cada vez mais em inovação para automatizar processos, aumentar a produtividade e ter mais eficiência operacional. Entretanto, o sucesso dessas iniciativas depende diretamente de equipe qualificada para atuar com sistemas mais complexos e operar os novos equipamentos. Esse tornou-se um dos principais desafios para o setor industrial, que encontra dificuldades para preencher as vagas disponíveis, mesmo com o alto índice de desemprego.

Pesquisas apontam que cargos de nível técnico estão entre os mais difíceis de serem ocupados. De acordo com levantamento realizado em 2016 pela Fundação Dom Cabral, com cerca de 200 empresas nacionais, mais da metade tiveram problemas para a contratação de profissionais com formação técnica, sendo, em alguns casos, necessário reduzir o nível de exigência para o preenchimento de vagas.

A falta de mão de obra qualificada acontece apesar da vasta disponibilidade de cursos técnicos disponíveis, como o Pronatec, do governo federal; o Senai; e as escolas técnicas da rede pública de ensino. Muitas vezes, as capacitações são realizadas em parceria com indústrias e cadeia produtiva, que sinalizam suas necessidades para a criação de outros cursos que atendam a essa demanda.

Para aumentar o interesse pelas áreas técnicas e combater o baixo quórum, que muitas vezes retarda a formação de turmas, empresas promovem palestras em escolas e convidam estudantes para conhecer de perto a realidade da linha produtiva. Outro caminho adotado foi oferecer cursos de capacitação complementar, como o Programa de Formação de Operadores realizado em parceria com o Senai, para adequar o colaborador ao cargo pretendido. Neste caso, o aproveitamento para contratação ultrapassa 70% dos participantes.

Para desmitificar o trabalho, a indústria já oferece remuneração diferenciada, superior em relação a outros cargos em uma indústria e nos setores de serviços. Esse é o caso dos cargos técnicos para atuantes nas áreas de produção de petróleo e de indústrias químicas. O reconhecimento desse profissional, que deve se perceber como primordial para as áreas de manutenção e operação, é essencial para mudarmos esse cenário e desenvolvermos indústria mais competitiva, em especial no ramo petroquímico, um dos cinco setores mais representativos para a indústria de transformação no Brasil.
Diário do Grande ABC
ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet