AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
Tecnologias exponenciais: robótica e automação industrial
Tecnologias exponenciais: robótica e automação industrial
28/06/2016
Ao longo das últimas décadas, assistimos robôs sendo apresentados na indústria cinematográfica sob os mais diversos formatos, modelos e cenários. Alguns deles eram adoráveis, prestativos e cativaram o público, como WALL-E e a dupla C-3PO e R2-D2, de Guerra nas Estrelas. Outros eram perigosos e destinados a destruir a humanidade, como o assustador Gort, de O dia em que a terra parou. Contudo, bem ou mal intencionados, o fato é que, os robôs que antes se restringiam às telas dos cinemas e da televisão estão agora adentrando, cada vez mais, em nossa realidade.

A robótica vem demonstrando avanços surpreendentes nos dias de hoje. Em grande parte, o progresso se deve à própria revolução dos smartphones, uma vez que os robôs dependem dos mesmos componentes (chips computadorizados, baterias e sensores) utilizados nos aparelhos que levamos em nossos bolsos. O progresso exponencial da tecnologia, com todos os seus desdobramentos, vem conduzindo à inevitável conclusão de que os robôs, a exemplo dos computadores e nossos telefones celulares, em breve serão onipresentes no cotidiano.

No futuro, teremos muito mais robôs em todos os aspectos de nossa vida. Se em 1985 ouvíssemos alguém dizer que em 2025 as pessoas teriam computadores na cozinha, a ideia não teria feito sentido nenhum.

Se até antigamente os robôs eram empregados, sobretudo, para tarefas consideradas repetitivas e maçantes, como as de uma linha de montagem automotiva, hoje as máquinas estão se tornando mais sofisticadas e inteligentes, o que lhes permite desempenhar atividades mais complexas.

Robôs são capazes de falar, andar, responder a nossos comandos verbais e interpretar nossas expressões faciais. Na Bélgica, centros médicos hospitalares usam robôs para recepcionar pacientes e conduzi-los até o setor pretendido.

Na França, já podem ser encontrados nas redações de jornais robôs redatores, que transformam dados em palavras. As máquinas permitem publicar de maneira rápida um grande volume de textos. O jornal Le Monde utilizou tais máquinas durante as eleições departamentais francesas, em março de 2015, para elaborar textos a partir dos resultados eleitorais de cada cidade. No Japão, robôs realizam o preparo de comida para clientes. Uma empresa de culinária automatizada desenvolveu uma máquina de fazer sushi, que desempenha todo o processo de preparo do alimento, enrolando os ingredientes e acomodando-os em uma bandeja.

O emprego da robótica nos mais diversos setores, de restaurantes a hospitais, é uma realidade facilmente perceptível. Inegavelmente, os robôs estão ingressando paulatinamente em nosso campo tridimensional e, com a expansão da Internet das Coisas, a tendência é que dividam o espaço conosco. Permanentemente.

Longe de se restringir à esfera privada, a preocupação com a robótica é igualmente observada no âmbito do setor público. Em junho de 2011, o governo Obama anunciou a Iniciativa Robótica Nacional (National Robotics Initiative – NRI), destinada a acelerar o desenvolvimento e uso de robôs nos Estados Unidos que trabalhem juntamente ou cooperativamente, com as pessoas. O projeto, que conta com o apoio de importantes agências governamentais como a National Science Foundation (NSF) e o Department of Defense (DOD), tem por objetivo apoiar o desenvolvimento da nova geração de robótica, encorajando as comunidades existentes para concentrar seus esforços em áreas de aplicação inovadoras.
OptClean-Tecnologia
ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet