AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
US$ 6,8 trilhões serão investidos para acelerar Tecnologias Digitais até 2023
US$ 6,8 trilhões serão investidos para acelerar Tecnologias Digitais até 2023
16/12/2021
A aceleração da transformação digital, que ocorreu por conta da digitalização de empresas em decorrência da pandemia da Covid-19, afetou a maneira que os negócios observam, analisam e incorporam as ferramentas e tendências tecnológicas são apostas dos investidores.

Conforme uma pesquisa realizada pela International Data Corporation (IDC), o investimento em transformação digital está crescendo com uma taxa anual de 15,5% até 2023 e deve se aproximar de US$ 6,8 trilhões. Em 2022, 70% das empresas do mundo terão acelerado o uso de tecnologias digitais.

Neste contexto, algumas tendências estão se consolidando e os gestores precisam ficar de olho nelas, pois são pontos essenciais para se destacar e aumentar a competitividade das empresas.

1. Experiência por voz

As pessoas cada vez mais estão buscando velocidade e agilidade nas suas compras, por isso, a experiência por voz é algo que atenderia as expectativas dos consumidores. Imagine você fazer uma compra sem digitar, ou melhor, nem precisar abrir o aplicativo. Seria incrível.

“As interfaces de conversação estão mudando a forma como nos relacionamos com as marcas e a voz está desempenhando um papel fundamental nas interações mais inteligentes”, disse cofundador da yellow.ai, Raghu Ravinutala.

Como podemos ver acima, esse processo de interação vem crescendo e se desenvolvendo, por isso, podemos imaginar que em um futuro próximo muitas funções que hoje demandam de cliques passarão a ser comandadas por voz.

2. Chatbots inteligentes

Essa ferramenta é muito importante tanto para as empresas como para os consumidores. Com isso, ela é uma ferramenta fundamental em todos os setores, que facilita o trabalho das pessoas da empresa e consegue trazer agilidade para o cliente.

Uma das soluções digitais de chatbot visa fornecer uma experiência superior ao cliente, mantendo o custo sob controle na sua empresa. Por isso, entregamos chatbots com inteligência artificial que geram atendimentos realmente eficientes para os clientes, com conversas naturais e personalizadas”, comenta Raghu Ravinutala.

Para Raghu, as empresas no Brasil estão procurando fornecedores de contact center que possam oferecer serviços avançados, tais como chatbots e sistemas alimentados por inteligência artificial. E quem conseguir ofertar produtos que unem automação com resolução sob demanda sairá na frente.

3. Inteligência artificial

A IDC prevê que os gastos globais com inteligência artificial vão dobrar em quatro anos, chegando a US$ 110 bilhões em 2024. Além disso, a própria consultoria vê a ‘inteligência em todos os lugares’ como um dos principais impulsionadores de tecnologia nos próximos anos.

Segundo a pesquisa, até 2023 um quarto das empresas adquirirá pelo menos um projeto de software de IA e suas vertentes, como machine learning e deep learning. Vale destacar que a primeira tecnologia permite o aprendizado contínuo dos robôs a partir do recebimento de dados estruturados e não estruturados.

4. Hiperautomação

A tendência é que, em 2022, 45% das tarefas de trabalho repetitivas em grandes empresas serão automatizadas, segundo a IDC. Com essa hiperautomação, trabalhos como atendimento ao cliente serão facilitados, e outros manuais burocráticos serão praticamente eliminados.

“Os setores de suporte, atendimento e vendas agradecem a ampliação do uso da automação para a realização de diversas tarefas cotidianas, sobrando tempo para uma atuação mais estratégica”, analisa Raghu Ravinutala.

A SAT, por exemplo, atua exatamente nesse mercado de automação, porém mais ligada a área industrial. Nossa essência é desenvolver soluções customizadas que facilitam e geram interação entre o Homem e a Máquina, através dos mais diversos e modernos métodos de tecnologia.

5. Privacidade e segurança

Está é uma tendência que vem se ampliando e se mostrando cada vez mais forte ao longo dos anos, e para 2022 não é diferente, a privacidade e proteção de dados é uma tendência ao mesmo tempo, em que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) já entrou em vigor e, a partir de agosto.

A Mastercard fez um levantamento em parceria com o Datafolha e foi notificado que 92% dos brasileiros temem pela segurança de suas informações no ambiente digital. Além disso, 73% informaram que já sofreram algum tipo de ameaça ou dano no meio digital, como mensagens falsas e tentativas de roubo de senha.

Portanto, empresas do universo digital precisam garantir a segurança dos dados e a privacidade dos usuários, assim desenvolvendo o amadurecimento do meio digital e promover transparência das informações obtidas.

E quem não se atentar a essas tendências?

A tecnologia vem evoluindo cada vez mais rápido, por isso, ficar atento às mudanças é essencial. Em 2022, será perceptível quais empresas pararam no tempo e quais estão se atualizando segundo o mercado.
Isso porque os maiores problemas que as companhias estão tentando resolver incluem envolvimento digital com clientes e funcionários sem perder o toque pessoal, aumento da automação e proteção dos negócios contra interferências, marketing e vendas digitais, e onboarding e treinamento de funcionários remotamente.

“Antes da Covid-19, a inteligência artificial e a profunda inovação tecnológica estavam sendo implantadas ao longo de vários anos com pilotos e provas de conceitos. O ritmo mudou completamente agora. Todas as empresas estão procurando implantar rapidamente soluções de inteligência artificial em todos os processos de negócios”, finalizou o especialista Raghu Ravinutala.
ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet