AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
Manutenção industrial: como identificar quando uma máquina precisa ser trocada
Manutenção industrial: como identificar quando uma máquina precisa ser trocada
07/04/2021
O setor operacional da indústria é responsável por toda a parte de produção da empresa e carrega a responsabilidade de manter o perfeito andamento dos processos para que os serviços ou produtos sejam entregues de forma efetiva, eficaz e no prazo definido.

Mas para que isso ocorra, é preciso que toda a estrutura do chão de fábrica ofereça o suporte necessário para o bom funcionamento da linha de produção.

Máquinas com retardos, com prazo de manutenção vencidos ou antigas demais são alguns dos problemas mais comuns causados pela falta de manutenção ou falta de modernização do maquinário da empresa.



Máquinas antigas podem atrasar o processo


Em muitos casos, as máquinas não apresentam nenhum defeito aparente e é comum que elas sejam mantidas na produção por não ser possível identificar nenhum problema físico ou falha total do equipamento.

Acontece, que mesmo máquinas que estão funcionando, podem apresentar falhas técnicas no processo de produção, que muitas vezes não são identificadas, mas que acarretam em várias dificuldades desde o desenvolvimento do projeto até a entrega final.

Confira algumas dicas para identificar quando uma máquina precisa ser trocada:

1. Diminuição da produtividade

Analise, juntamente com seus funcionários, o tempo de entrega que as máquinas estão possibilitando para os serviços. Muitas vezes o atraso na hora da operação pode não ser perceptível, mas ao analisar todo o processo de início, meio e fim da produção, é possível perceber se o tempo utilizado para a finalização versus o tempo estimado para a produção total estão de acordo.

Faça o cruzamento de dados e identifique se as expectativas estão sendo alcançadas. Se a produção estiver mais lenta do que o esperado, um dos fatores causadores pode ser a lentidão das máquinas.

2. Tempo de uso
Se as máquinas já têm muitos anos de uso, é muito importante analisar se elas ainda se mantêm atualizadas com o mercado e com o método de trabalho aplicado na sua indústria. Os processos precisam ir se atualizando e consequentemente, os maquinários e equipamentos também.

Pesquise quais são as últimas inovações do seu segmento e entenda se as máquinas da sua indústria ainda estão alinhadas com os novos processos. Se não estiverem, este é um bom indício de ser o momento da troca.


3. Manutenção excessiva
Um dos indicadores de que uma máquina já excedeu seu tempo de uso é a necessidade excessiva de se fazer manutenção. É comum realizar pequenos reparos e otimizações nos equipamentos em uso, mas é importante observar se os reparos são esporádicos ou se têm sido constantes.

No segundo caso, é importante analisar porque o equipamento pede por tantos ajustes e considerar a possibilidade de troca para mais otimização do tempo, do orçamento e do equipamento.

4. Segurança dos funcionários
É de extrema importância que as máquinas possibilitem qualidade de trabalho e segurança para quem as opera. Os colaboradores precisam se sentir seguros e habilitados para utilizá-las, caso contrário, o trabalho não irá render como deveria e consequentemente, não trará o retorno visado.

Conversar constantemente com o chão de fábrica e entender os processos que eles utilizam, é uma boa forma de perceber se as máquinas estão adequadas ao estilo de trabalho da sua indústria e dos seus funcionários. Se os equipamentos vêm apresentando algum tipo de risco à segurança dos colaboradores, é com certeza, a hora de trocar.

É importante observar também que no Brasil a uma norma regulamentadora, com peso de lei, a NR12 que baliza os critérios de segurança de uma máquina e máquinas muito antigas não estão adequadas a essa norma. Em alguns casos o custo de adequação viabiliza a substituição por uma nova.

5. Grande ocupação do espaço físico
É claro que muitas máquinas ocupam um bom espaço nos barracões e tem sua razão de ser, mas em alguns casos, isso se dá porque as máquinas são antigas e não foram substituídas pelas últimas atualizações do mercado.

- Otimizar o espaço físico do seu chão de fábrica possibilita:
- Mais espaço livre para os colaboradores trabalharem;
- Processos mais visíveis;
- Mais espaço para outras máquinas e mais serviços.


Analise todos esses pontos e entenda se a sua indústria está precisando de um upgrade.


Lembre-se que no final das contas, o que mais importa é a segurança dos colaboradores, a otimização de tempo para a empresa e a entrega eficiente para os clientes.

Se a infraestrutura da sua empresa não está conseguindo possibilitar essas três demandas, está na hora de fazer uma readequação.

E aí… Como estão operando as máquinas da sua indústria?

ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet