AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

CERTIFICAÇÕES CLIENTES FALE CONOSCO
Inteligência artificial: estamos chegando ao futuro
Inteligência artificial: estamos chegando ao futuro
27/08/2018
O nome já diz tudo: a inteligência artificial é uma área da tecnologia que pesquisa e desenvolve sistemas, máquinas e processos autossuficientes – em inteligência e execução de atividades. Considerado um caminho sem volta, o assunto tem ganhado cada vez mais espaço na sociedade. Empresas estão buscando formas de inserir recursos de inteligência artificial em suas rotinas – uma revolução que vai impactar a forma de produzir, de consumir e de se relacionar. No Brasil ainda há muito espaço para desenvolver soluções e implantar recursos de tecnologia avançada no setor produtivo. Quem explica é Kleber Canuto, coordenador de Projetos de Inteligência Analítica no Sistema Fiep. -A aplicação na indústria brasileira está só começando, mesmo em segmentos mais intensivos em tecnologias como nos casos dos fabricantes automotivos e de eletroeletrônicos- conta.

No Paraná, o movimento está em fase embrionária. -Também estamos atentos a estes recursos. Há grandes indústrias articulando ecossistemas envolvidos com inteligência artificial, como startups e centros de pesquisa. No Sistema Fiep, por exemplo, estamos preparando a abertura do Hub de Inteligência Artificial. O espaço físico será em Londrina, com foco na educação e capacitação de profissionais e também na pesquisa e desenvolvimento de soluções na área- detalha Canuto.

Desafios para desenvolver a inteligência artificial no Paraná
Como em qualquer área, a aplicação de recursos de inteligência artificial no Brasil e no Estado do Paraná dependem de iniciativas combinadas. Maiores incentivos financeiros, aumento no número de profissionais capacitados e maior proximidade entre empresas e comunidade, como aponta Canuto: -temos uma comunidade de desenvolvedores muito ampla, mas ainda não há um programa estruturado e organizado pelo Estado, por exemplo. As iniciativas atuais são fruto de ações pontuais- diz.

Mudar a cultura da sociedade e dos negócios é outro desafio apontado pelo profissional. Com uma grande dependência de tecnologia que vem de outros países, empresas nacionais estudam quais são os recursos necessários para ganhar autonomia tecnológica.

Acelerar o processo de inserção da inteligência artificial na indústria paranaense. Este é um dos pilares de atuação do Sistema Fiep quando o assunto é tecnologia. Para isso, a entidade tem iniciativas que contemplam desde a educação profissional até consultorias realizadas dentro das empresas – passando pela aceleração de startups. -Precisamos criar players maduros para atender a demanda do estado e do país. Pois de agora em diante qualquer startup que surgir irá aplicar inteligência artificial e entregar um produto ou serviço no mercado- enfatiza.

Se a indústria se prepara para receber a inteligência artificial, nada mais eficiente do que preparar os profissionais que vão atuar neste novo cenário. As vagas para trabalhadores qualificados vão surgir em quantidades cada vez maiores: segundo o Mapa do Trabalho Industrial 2017- 2020, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem, haverá cerca de 300 mil vagas para Técnico em Automação Industrial.

-Com o Hub de Inteligência Artificial, que deve abrir no fim deste ano, a ideia é adensar cada vez mais recursos de tecnologia analítica na indústria. O movimento de mudança é inevitável e é preciso preparar os profissionais para estas transformações. Algumas ocupações de trabalho serão completamente modificadas: a inteligência artificial irá acelerar processos, e levar muito mais precisão à produção e nos serviços prestados. Os trabalhadores passarão a atuar em novos postos e nossas instituições de ensino devem estar preparando estas pessoas. Pois somente por meio da educação, será possível acompanhar este movimento de forma produtiva para todos- finaliza Canuto.
G1 Sistema Fiep
ISO 9001

Trabalhe Conosco

Rua Cabreúva 427, Jd. Leocádia - 18.085-340 - Sorocaba/SP | MAPA

152101.6100

Executa - Gestão de Internet